Gestão empreendedora: como aplicar em seu negócio?

Inscreva-se em nossa Newsletter!

Ao contrário da gestão tradicional — empresas consolidadas em modelos hierárquicos e com pouca flexibilidade, inclusive para que seus gerentes tomem riscos — a gestão empreendedora aparece como uma alternativa para acompanhar o desafio de empreender e ter o seu próprio negócio, como uma forma de vencer os obstáculos em rumo ao crescimento empresarial.

A partir disso, concebemos gestão empreendedora como uma resposta aos avanços tecnológicos e das mídias sociais nos últimos anos: é preciso utilizar-se desses meios para simplificar os métodos utilizados pela empresa.

Desafios de uma gestão empreendedora

Um dos grandes desafios é compreender todas as mudanças recentes do mercado e, principalmente, saber lidar com elas. Nos últimos anos, aumentou-se o fluxo de informações, sendo hoje bastante amplo e descentralizado. 

Sendo assim, com um expressivo aumento na criação de conteúdo nas mídias sociais, alterou-se também a forma com que as empresas precisam aprender a lidar e a conversar com o seu público-alvo e, principalmente, os seus clientes já fidelizados.

Entender os desafios é a primeira oportunidade para conseguir fazer deles a principal estratégia para alavancar a sua empresa. Por exemplo, em um consultório odontológico, como em qualquer outro tipo de negócio, precisa-se ter um líder, em um sentido diferente do tradicional e hierárquico, mas como uma pessoa que tem um bom relacionamento com os seus funcionários, sempre os incentivando, como forma de ter uma maior produtividade e que saiba lidar com as adversidades que aparecem.

O gestor e líder deve atentar-se a rotina de trabalho, conferindo o cumprimento de tarefas de cada funcionário e acompanhando de perto as suas metas — e de que forma ele, enquanto líder, pode ajudá-lo e incentivá-lo cada vez mais.

No mesmo cenário do consultório odontológico, é preciso que os seus gestores façam um planejamento estratégico, aliando os recursos da empresa com os objetivos almejados. Sendo assim, com o objetivo de ser a primeira opção em uma busca por um determinado paciente, o consultório odontológico pode investir em um site próprio, estratégias de marketing digital, como também softwares especializados para a sua área.

Todas as etapas de uma estratégia levam tempo para que os resultados sejam vistos. Da mesma forma, é possível que ao longo do caminho, perceba que é necessário dar um passo para trás em alguma parte do processo ou até mesmo mudar o caminho e ajustar-se às novas oportunidades. 

Essa é a grande questão dessa forma de gestão: aprender a lidar com mudanças e vê-las como uma forma de melhorar e fazer crescer a sua empresa. 

Como aplicar e viabilizar

É importante que toda empresa aplique essa forma de gestão, não importando se é pequena, média ou grande e muito menos o segmento ou a área em que ela esteja enquadrada. Considerando que o mercado está cada vez mais exigente, como também disputado, é necessário que inovações sejam feitas, como:

  • Assuma novos riscos;
  • Priorize o bem-estar da sua equipe;
  • Conheça o seu consumidor;
  • Conheça a concorrência.

Assuma novos riscos

Assumir riscos é essencial na vida de qualquer pessoa que deseja progredir e o mesmo ocorre também com as empresas. Afinal, essas são as oportunidades de alcançar os seus objetivos para, assim, conseguir bater as suas metas. Entretanto, como um bom gestor e empreendedor, é necessário saber lidar com as consequências de toda decisão que fizer, sem culpabilizar os seus funcionários ou tirar o mérito do trabalho que eles te apresentaram, seguindo as suas diretrizes. 

Sendo assim, é necessário entender que falhas acontecem e, por isso, planejar-se da melhor maneira possível. Deve-se antecipar sobre algumas questões principais e sobre erros que podem acontecer em algum momento. E, então, tomar precauções para que eles não ocorram.

Considerando o consultório odontológico que arriscou-se ao contratar um novo serviço de marcação de consultas ao invés do outro que já tinha, seja por questões financeiras ou administrativas. O gestor, preocupado com que esse risco não afete negativamente todo o trabalho que já vem fazendo, deve-se questionar e antecipar algumas questões, como: a agilidade do novo produto, o tempo que os funcionários vão ter para aprender esse novo método ou então como funciona o backup desse serviço para que não percam todas as informações que já possuem.

Tudo isso mostra que um bom empreendedor, apesar de precisar tomar riscos, não deve fazê-los precipitadamente. É necessário avaliar o cenário, as possíveis falhas e quais são as melhores estratégias que podem tomar.

Priorize o bem-estar de sua equipe

Para que a sua equipe seja cada vez mais produtiva, é necessário tornar o ambiente e as suas condições de trabalho o melhor possível. Quando um funcionário não precisa se preocupar com questões externas ao seu trabalho, ele está pronto para produzir, sendo criativos, inovando cada vez mais e apresentando bons resultados.

Sendo assim, a motivação é essencial. Seja dando treinamentos e capacitações, benefícios, programas de incentivos ou participação nas decisões. O importante é que reconhecer o valor que eles têm para a sua empresa e fazer também com que eles vejam e sintam que são importantes. Afinal, eles são.

Conheça o seu consumidor

Existe, hoje, uma necessidade de acompanhar as tendências e verificar o que os seus possíveis consumidores estão comprando, usando e em que estão gastando. Conhecer o seu consumidor é muito mais do que ter seus dados. 

Precisa-se observar qual é o perfil principal do consumidor e mais do que isso, quais são os incentivos que o fazem contratar um serviço. Para isso, é necessário entender qual o público-alvo e qual a persona do seu empreendimento. Apesar de semelhantes, cada um tem as suas especificidades.

O público-alvo é uma definição social, econômica e demográfica do consumidor. Possui informações como: homem, casado, entre 25 e 35 anos, dentista, residente da cidade de São Paulo, faixa salarial entre R$6 e R$8 mil.

Enquanto isso, a persona é um perfil fictício do cliente ideal da empresa. Utiliza-se das questões presentes no público-alvo, mas de uma forma mais aprofundada e com mais detalhes, para que assim se tenha uma maior conexão e entendimento do seu consumidor. Dessa forma, há uma maior chance da sua empresa e das propostas apresentadas por ela, satisfazer o consumidor. 

Por exemplo: Paulo, 32 anos, possui um consultório odontológico próprio aberto há menos de um ano. Casado, com 2 filhos, procura estratégias para crescer a sua empresa e conhecimentos em gestão de clínica. Faz uso das principais redes sociais.

Independente de qual abordagem for utilizada, como também a possível combinação das duas, é importante que se tenha algum tipo de estratégia nesse nível, para conseguir compreender melhor o seu consumidor e, assim, atender e superar as suas expectativas.

Conheça a concorrência

É importante analisar o perfil de quem atua no mesmo seguimento que a sua empresa para identificar possíveis falhas de estratégias, evitando que isso ocorra com a sua empresa. Ao comparar com o concorrente questões como qualidade do serviço, preço, plataformas em que se disponibiliza o produto e as formas de alcance, o empreendedor consegue identificar mais facilmente em quais pontos precisa melhorar, identificando possíveis fragilidades no negócio.

Da mesma forma, ao conhecer o concorrente, pode-se visualizar de quais formas as ações deles podem impactar nos negócios da empresa. Nos dias de hoje, em que a informação é a moeda, quanto mais souber sobre quem disputa diretamente os consumidores, mais o gestor consegue criar estratégias para que o seu negócio continue sendo o primeiro.

Colocando em prática os pontos aqui apresentados, desde um bom relacionamento com a equipe, estudos especializados na área, conhecimento tanto do consumidor quanto da concorrência, é possível criar uma boa estratégia e um bom plano de ação para crescer e expandir o negócio. 

Estar cada vez mais atualizado sobre assuntos não apenas do seu próprio segmento, mas também em questões de avanços tecnológicos, marketing e novas mídias, quando bem administradas pelo seu gestor, também favorecem o desenvolvimento e o progresso da empresa. 

Conheça os canais do Clínica Ideal: Site, Facebook, Instagram e Youtube.  

Produtora de Conteúdo Letícia Eleutério

Gostou do artigo?

Facebook
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Ideal Trends

Ideal Trends