4 estratégias de SEO para e-commerce

Inscreva-se em nossa Newsletter!

Você quer divulgar sua loja virtual e atrair novos clientes? 

O SEO para e-commerce é uma estratégia certeira para conquistar esses objetivos.

Por meio de algumas técnicas, é possível ganhar mais posicionamento no Google e alavancar sua estratégia digital

Vale lembrar que as pessoas costumam clicar nos primeiros resultados que aparecem.

Quer conhecer mais sobre essa estratégia de marketing? 

Continue a leitura do artigo! 

O que é SEO?

SEO (Search Engine Optimization) significa em tradução livre “Otimização do Sistema de Buscas”. 

Trata-se do conjunto de técnicas aplicadas para melhorar o posicionamento de um site nos resultados das páginas de busca, como o Google. 

Criar uma navegação eficiente e responsiva, utilizar palavras-chave referentes ao seu segmento e publicar conteúdos relevantes são algumas das técnicas de SEO.

Essa é uma estratégia excelente, porque além de trazer resultados orgânicos, pode ser aplicada para qualquer tipo de tamanho e nicho de negócio.

Como as estratégias de SEO melhoram a performance em mecanismos de busca

O Google quer oferecer os melhores resultados de busca para os usuários. 

Por isso, utiliza robôs para ranquear os websites da internet. 

Sites que proporcionam uma melhor experiência ao usuário possuem mais chances de aparecer na primeira página.

As estratégias de automação de marketing são fundamentais para auxiliar nessa percepção do consumidor sobre o seu negócio.

E quando você alia o marketing com estratégias de SEO, enviará sinais de que seu site oferece uma experiência agradável ao usuário e é uma referência ao público.

Por que aplicar o SEO no e-commerce?

Agora que você entendeu o que é SEO e como funcionam os resultados de busca do Google, deve estar se perguntando por que investir nessa estratégia.

Primeiramente, é importante saber que 90% das pessoas clicam nos primeiros resultados do Google. 

Apenas 10% dos usuários navegam até a segunda página. 

Ou seja, se seu e-commerce não aparecer nesses primeiros resultados, não conseguirá atrair seu público. 

Por outro lado, quando você aplica estratégias de SEO corretamente, poderá se beneficiar com:

  • aumento de tráfego no seu site, de forma orgânica, sem gastos com anúncios pagos;
  • melhora na experiência do usuário, o que aumenta as chances de comprar novamente com você;
  • amplia a autoridade da sua página e da sua marca;
  • conquistar a confiança do usuário;
  • aumenta a atração de usuários qualificados, prontos para comprar no seu e-commerce.

4 estratégias para otimizar sua loja virtual

Já deu para perceber que SEO para e-commerce pode trazer ótimos resultados para sua loja virtual, não é mesmo? 

Confira agora algumas dicas para aplicar essa estratégia em seu negócio.

#1 Pesquisa e escolha das palavras-chave mais estratégicas

Usar palavras-chave que possuem volume de buscas e estão relacionadas com o seu segmento irá permitir que seu conteúdo seja encontrado pelo usuário com mais facilidade.

Seu e-commerce deverá atrair pessoas em todas as fases da jornada de compra. 

Para isso, você deve usar os dois grupos de palavras-chave:

  • head tail: curtas, atraem um número maior de pessoas, porém que ainda estão no início da jornada;
  • long tail: expressões mais específicas, que ajudam a ranquear melhor seu site. Atraem menos tráfego, mas o consumidor já está mais decidido a comprar.

Você ainda pode usar palavras e conteúdos que ativam gatilhos mentais para conduzir o consumidor as vendas online.

#2 Linkagem Interna

A linkagem interna ajuda a fortalecer uma página e melhorar seu posicionamento no Google. 

Por meio das linkagens, você poderá transferir a relevância das páginas mais acessadas para os conteúdos menos visitados.

#3 Elementos da página do site otimizados para SEO 

Os principais elementos da página do seu e-commerce devem estar otimizados de acordo com práticas de SEO e devem conter palavras-chave.

  • título das páginas: deve possuir até 63 caracteres e informar do que se trata a página;
  • meta descrições: texto descritivo, com no máximo 160 caracteres, que acompanha o título no resultado de busca;
  • imagens otimizadas: nomeie a imagem antes de adicioná-la ao site e preencha o texto alternativo;
  • URLs amigáveis:  deve ser simples, compreensível e descrever o produto e categoria.

#4 Arquitetura do site e Categorias

A arquitetura do site é a maneira como o e-commerce é organizado e como as páginas conversam entre si. 

Essa navegação deve ser simples e intuitiva.

Crie categorias e subcategorias para organizar seus produtos dentro do e-commerce. 

Assim o usuário poderá localizar com mais agilidade os produtos que procura.

Conclusão

As estratégias de SEO para e-commerce são capazes de melhorar o posicionamento da sua loja virtual nas páginas de resultados do Google.

Com isso, é possível atrair mais tráfego orgânico para sua página e, consequentemente, aumentar as conversões. 

Além de ser uma maneira de tornar sua marca mais relevante no mercado.

Gostou desse conteúdo? Veja também: Como aplicar o SEO técnico no seu site? 

Gostou do artigo?

Facebook
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Paula Moraes

Paula Moraes