Somos sua nova área de tecnologia

Design Gráfico: Qual as projeções para setor?

Inscreva-se em nossa Newsletter!

Quem trabalha com design gráfico passou por uma crise, recorrente da pandemia de covid-19.

Fazendo com que muitos profissionais optassem por novas estratégias para continuarem competitivos no mercado de trabalho.

Contudo, a profissão dos designers pode ser considerada requisitada, inovadora e muito versátil.

Isso porque se adapta às mais diferentes áreas, fazendo com que o design gráfico fique em plena expansão.

Atualmente, as coisas acontecem em minutos e até mesmo segundos, fazendo com que todos os profissionais sigam as tendências. 

O design gráfico se tornou um excelente aliado para as empresas. 

Que tal conhecer as projeções do setor? 

Vamos lá!

Como a pandemia impactou o design gráfico?

Design gráfico é a profissão destinada ao planejamento de elementos visuais, junto com a finalidade comunicativa. 

Porém, a pandemia, fez com que ocorresse mudanças na percepção da relevância de um design gráfico para a sociedade, empresa e os consumidores.

No entanto, o maior impacto sem dúvidas foi a adaptação com o trabalho remoto.

Sendo considerado um momento de maior adaptação para o setor.

Incluindo métodos, processos e cerimônias de interações entre os times de design que precisaram sofrer mudanças.

Design gráfico e mundo corporativo

Dentro das empresas, o design gráfico produz muito além do que logótipo.

Ou seja, reproduz com base em recursos virtuais as ideias e os comportamentos da sua instituição. 

Muitas vezes, a mensagem que você deseja passar não pode ser transmitida em palavras, fazendo das imagens a melhor saída.

O projeto gráfico de um profissional, cria impressões positivas da sua empresa, evitando interpretações erradas. 

É o caso dos restaurantes em Porto Alegre, onde cada um tem a sua identidade única e exclusiva, tudo claro, com a ajuda de um profissional design.

Profissão de designer gráfico

Esse profissional atua diretamente com comunicação visual.

Desenvolvendo peças gráficas com textos, tipografias e ilustrações.

Onde o principal objetivo é transmitir uma mensagem, um designer gráfico é bem dinâmico e tem habilidades para transformar qualquer informação em imagens. 

Entretanto, para ingressar nessa área, é indicado que seja uma pessoa criativa,

Além de ser curiosa, apresenta afinidade com tecnologia, conhecimentos em processos positivos e muita habilidade de relacionamento interpessoal.

Podendo atuar em agências de publicidade, editoras, emissoras de tv, gráficas, produtoras de vídeo e muito mais.

Um recém formado tem um salário médio de R$2.005, podendo ser mais alto. 

Tudo irá depender exclusivamente das experiências e aperfeiçoamentos ao longo de toda a carreira.

5 projeções do design gráfico

O tempo passa e novas tendências surgem, quando o assunto é design gráfico, não é diferente. 

As ideias surgem como inspirações para direcionar a criatividade e estratégia, buscando manter os profissionais sempre atualizados.

Para te ajudar, separamos uma lista com 5 projeções do design gráfico, para que você não fique para trás no mercado de trabalho. 

Confira!

#1 Visuais inclusivos

Uma maneira de desenvolver produtos e serviços para atender as necessidades das pessoas com deficiência permanente ou temporária. 

A ideia é apresentar propostas, fazendo com as experiências com o produto ou serviço seja igual a de pessoas que não apresentam deficiência.

E o web design é enriquecedor nisso. 

#2 Prints de mídia social

As marcas compartilham versões da mesma postagem em vários canais de mídia. 

Os prints vem ganhando popularidade entre as marcas.

Todas as postagens são printadas e sobrepostas aos elementos visuais exclusivos da identidade visual. 

Isso faz com que tudo o que for relevante seja compartilhado com o público independente da plataforma escolhida.

#3 Memes de marca

Os memes auxiliam no aumento de engajamento. 

Esse aumento só ocorre pois as pessoas comentam, compartilham e marcam novos usuários, com maior frequência.

Sempre que se trata de memes ou conteúdos voltados ao humor. 

Esses memes criam uma aproximação entre marca e cliente, melhorando o relacionamento e dando nome a empresa.

Essa é uma das dicas que todo designer de ux deveria saber.

#4 Fundos vibrantes

Mesmo que a tendência seja para cores mais suaves, o design gráfico continua apostando nas cores mais vibrantes, ousadas e vivas. 

Pois ajudam os elementos visuais a se destacarem no espaço online. 

Fundos vibrantes com textos mais claros, fazem com que as imagens se destaquem no feed.

#5 Fontes serifadas

De traços prolongados nas extremidades das letras, é uma fonte facilmente encontrada em jornais impressos e revistas, facilitando leituras mais longas. 

Conhecida como serifa, apresenta um caráter conservador, representando, tradição, respeito e sofisticação.

Ademais, as tendências de design gráfico são consequências diretas da pandemia, junto às mudanças sociais e políticas. 

As empresas estão apostando tudo para manter em alta a vida comercial.

Todos os visuais adotados pela empresa, irão atuar como uma janela para demonstrar seu caráter e missão. 

Se você quiser saber mais sobre as tendências do setor para o próximo ano e muitos outros assuntos, acompanhe o Iglu Online!

Gostou do artigo?

Facebook
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Paula Moraes

Paula Moraes